terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

PAY TO PLAY


Quando montamos uma banda o nosso maior desejo é fazer shows. Mas, novos e inexperientes não sabemos como fazer para que as pessoas nos escutem e nos chamem para tocar. Até pouco tempo atrás esses e essas jovens se relacionavam com outras pessoas do meio. Iam á shows e conversavam com a galera das bandas, trocavam demos, e-mail, telefone e tentavam juntos organizar algumas coisas. Esse era o verdadeiro DO IT YOURSELF, todos já ouviram esse bordão. E com toda a certeza a maioria das garotas e garotos "envolvidos" com a cena hoje não sabem o seu verdadeiro significado.

Ter uma banda está muito mais fácil. É possível gravar as músicas em casa, ensaiar por preço justo, parcelar os equipamentos em milhares de vezes, no melhor estilo das prestações das Casas Bahia. Mas, nada são flores. Quando um lado afrouxa o outro aperta. No Rio de Janeiro, minha cidade, há 10 anos atrás tínhamos muito mais locais para shows do que atualmente. Uma série de motivos fez com que eles fossem fechando e ficássemos cada vez mais carentes.

O cenário atual é que temos poucas casas e muitos produtores que tomaram conta dos picos e literalmente exploram as bandas. Mas eles só exploram porque há quem se deixe manipular. Não sei o verdadeiro motivo das pessoas se submeteram a tais situações. Acredito que seja arrogância, por não querer ouvir e entender a história de quem passou, e também por pura burrice mesmo. O simples fato de ter preguiça de pensar e realizar.

Poucos são os eventos em que as bandas não precisam pagar para tocar. Esses eventos em que as bandas pagam estão perdendo qualidade a cada dia que passa. O único critério de avaliação para as bandas tocarem, é quem depositou a quantia estipulada primeiro.

Entenda o esquema proposto por esses "produtores". Eles chamam uma banda qualquer que esteja com força no cenário, pagam cachê, hotel, tudo conforme o rider. Em contra partida as bandas de abertura são convidadas a participar, mas claro, antes escutam uma história triste ou não, o que é pior, e pagam para tocar junto com essas bandas, que muito das vezes eles são fãs.

Tal é a falta de honestidade e a ingenuidade ou burrice que esquecem de fazer contas e entenderem em que buraco estão se metendo. Vamos criar uma situação. Um produtor X chama a banda A para tocar no seu evento. O valor do cachê, transporte, hospedagem e alimentação gira em torno de R$3 mil. O aluguel do local do show e o som custam cerca de R$1500. Vamos acrescentar um custo de R$500 para divulgação e pessoal para trabalhar no show. Somando tudo o produtor tem um custo de R$5 mil. Então, ele resolve chamar cerca de 12 bandas de abertura, todas elas pagando R$500, o que se tornam R$6 mil e ainda fica com o valor das entradas. Para não parecer tão injusto ele entrega alguns convites para as bandas. Resumindo, as bandas pagam à banda principal, garante uma margem de lucro para o produtor e ESTÃO PAGANDO PARA SE APRESENTAR.

Sempre que converso com pessoas de qualquer parte do Brasil sobre esse assunto, escuto sempre a mesma história. Isso está se tornando uma rotina e as pessoas estão cada vez compactuando com isso. Por esse motivo que bandas de fora não se apresentam na sua cidade. É por isso que cada vez mais as bandas novas estão piores. A moçada está se preocupando com a fama, ao invés do som. Antes uma banda tocava porque era boa. Agora toca porque tem grana.

Chamo isso de burrice pelo fato de que seria mais honesto com você, com sua banda e com sua cena, caso você mesmo, membro de alguma banda tivesse realizado esse evento. O dinheiro que você gasta colocando no bolso de algum oportunista poderia movimentar melhor a sua cena, ou seja, ajudar sua banda e de seus amigos. Os shows não seriam insuportáveis com milhões de bandas. E muito mais do que isso. SERIA HONESTO.

Vale lembrar aqui o seguinte. Nem todos os produtores são assim. Muita gente se envolve de verdade com a cena e realizam ótimos eventos, onde praticas assim não são nem cogitadas. Por favor, se espelhem nas pessoas certas.

PS: Quem puder, por favor, passem esse texto para todos os amigos. Principalmente para a moçada com bandas novas.

3 comentários:

Andréa Ariani disse...

Bem-vindo à realidade.
Taí o vergonhoso prêmio do Zona Punk pra provar isso aí: Fake Number, Cine, Ofel são algumas das bandas que os pais bancam e por isso os bonitos tocam nos festivais e abrem pras bandas gringas...Será q uma galera q enche a boca pra falar contra e tem banda, se tivesse essa grana, tb nao faria o mesmo?

Parabéns pelo texto lindo =)
bjo

Eduardo disse...

Opa, nunca tinha visitado teu blog, adorei o texto!!! Vi o link no fotolog de uma banda de SP, a Stronger than Before.

Isso é bem o que acontece na minha cidade, Salvador. Aqui a maioria das bandas de HARDCORE, assim em letras garrafais mesmo acabaram, pelo fato de não terem mais espaço pra tocar e nem eventos já que não entravam no "esquema".

Minha banda particularmente adota uma ostura de não tocar nesses eventos, e claro como pode imaginar tocamos pouco, engraçado é ouvir alguem perguntando porque tocamos pouco e ter que explicar, porém prefeiromos tocar pouco e mantér a postura que acreditamos e as raízes do DIY, do que ser OBRIGADO a vender 10000000 ingressos pra tocar em um evento.

É isso, como nunca te v vou por uns links aqqui pra vc e com ceretza vou divulgar esse texto.

Blogs legais sobre música:


http://pontemusical.wordpress.com/

http://www.tomanacarahc.blogspot.com


o Fotolog onde postarei o teu txt:


http://www.fotolog.com/derrube_o_muro


abraços!!

Mariana disse...

credo bicho...
aqui no ES a cena é uma merda... como vc pode ver os lugares aqui também estão escassos e quase não ve banda de fora (ate porque o lucro - quando se tem - é mínimo)

enfim, maaaas pelo menos eu nunca vi uma situação dessas por aqui não
=\
acho muito surreal... jamais pagaria pra botar minha banda em algum show... já acho que faço MUITO tocando de graça e muitas vezes não ganhando nenhuma água durante os shows...

caralho... a situação aí tá feia hein... e o pior é saber que são as próprias bandas que compactuam com isso
=\

é lamentavel....